Jornalista Mário Henrique “CAIXA” toma posse na Assembleia de Minas

Reportagem e fotos: Pacheco de Souza / fonte: ALMG

Mário Henrique e Vicente Cruz na posse 345 X 237Em reunião solene, na manhã de ontem, 1 de fevereiro, na Assembleia Legislativa de Minas, foram empossados três novos deputados, que ocupam as vagas abertas pela eleição de parlamentares nos pleitos municipais. A sessão solene contou com a participação do governador do Estado, Antônio Augusto Anastasia.

Mário Henrique toma posse - Tais, Vicente e Daniel 345 X 237O jornalista Mário Henrique Caixa (PCdoB) assume a cadeira antes ocupada pelo novo prefeito de Contagem (RMBH), Carlin Moura, do mesmo partido. O médico e empresário Leonídio Bouças (PMDB) entra na vaga do também representante do PMDB, Bruno Siqueira, que assumiu a Prefeitura de Juiz de Fora (Zona da Mata).

Mário Henrique toma posse, Pacheco, Vicente e Taís 345 X 237O deputado Rômulo Veneroso (PV) deixou de ser suplente, para ser efetivado na vaga do agora vice-prefeito da Capital, Délio Malheiros (PV). Com isso, o engenheiro e empresário Juarez Távora (PV) toma posse por ter se tornado o primeiro suplente do partido. Ele ocupa a vaga do deputado Agostinho Patrus Filho, que está licenciado, exercendo o cargo de secretário de Estado de Turismo.

A composição da Assembleia já havia sido alterada em dezembro do ano passado, quando assumiram os deputados Cabo Júlio (PMDB), no lugar de Antônio Júlio (PMDB), eleito prefeito de Pará de Minas (Central); e Juninho Araújo (PTB), no lugar de Delvito Alves (PTB), que assumiu a prefeitura de Unaí (Noroeste).

Coquetel

Após tomar posse pela manhã, Mário Henrique, serviu um coquetel no salão de festas Apolo Recepções, no bairro Santo Agostinho, em Belo Horizonte. A recepção foi às 20h e, contou com a presença dos familiares do deputado, amigos, parlamentares e outros convidados. A equipe do Portal Mix Notícias também foi convidada para o evento.

Amigo pessoal do deputado, o vereador de Pedro Leopoldo, Vicente Cruz (PDT), foi cumprimentá-lo e desejar sorte na condução dos seus trabalhos na casa legislativa de Minas (foto acima). Mário Henrique retribuiu o carinho do vereador prometendo trabalho. “Sou muito grato ao povo de Pedro Leopoldo, pode contar comigo para o que precisar, meu gabinete estará sempre de portas abertas para atender os seus pedidos”, disse.

Vestida elegantemente para a ocasião, a jovem Taís e o amigo Daniel, ambos moradores da região da Pampulha em Belo Horizonte, também cumprimentaram o deputado Mário Henrique. Antes de irem embora ainda posaram para foto ao lado do vereador Vicente Cruz e, da nossa equipe.

MEIO AMBIENTE: Lixo Eletrônico é reciclado em Pedro Leopoldo

A empresa Recitec localizada no bairro Teotônio Batista de Freitas vai disponibilizar coletores nos principais pontos da cidade

Reportagem e fotos: Pacheco de Souza

LIXO ELETROELETRÔNICO AGORA TEM LUGAR CERTOHá 10 anos no ramo de reciclagem, a empresa Recitec localizada no bairro Teotônio Batista de Freitas, em Pedro Leopoldo, atua na reciclagem de uma série resíduos e objetos que, descartados de forma incorreta, podem causas sérios danos ao meio ambiente.

Lixo eletrônico - computadores e TV - 345 X 237Em 2002 a empresa iniciou as atividades reciclando lâmpadas que tem mercúrio e, em 2006 começou fazer combustível com o lixo para substituir as matérias não renováveis como o petróleo e o carvão.

A boa notícia é que Pedro Leopoldo conta agora com a reciclagem do lixo eletrônico desde o ano passado. Depois de conseguir todas as licenças ambientais para trabalhar com esse tipo de produto, a Recitec vai espalhar coletores no município para receber esse tipo de produto. O diretor da empresa, Marcelo Waisberg comemora. “O futuro depende muito de como tratamos nosso lixo. A gente acha que as coisas são eternas e que a matéria prima dura pra sempre, mas isso não é verdade e, a única forma de garantir o futuro dos nossos filhos é usar de forma consciente os nossos produtos e tentar reaproveitar o máximo o que sobra desse produto”, disse.

Qual tipo de produto você pode enviar para a empresa?

Computador e seus acessórios, aparelho de TV, fogão, celular, carregador de celular, ferro elétrico, máquina fotográfica, carregador da máquina fotográfica, cafeteira, liquidificador, micro-ondas, monitor de vídeo, e outros. O único materal que a empresa ainda não está recebendo é a geladeira e o ar condicionado.

O comerciante que deseja colaborar com essa campanha, disponibilizando um espaço em sua loja para colocar um coletor, ou até mesmo o morador que queira mais informações sobre a coleta de material eletroeletrônico, pode ligar no (31) 3662-2455.

Mais reciclagem

Quem também está dando um passo muito importante na causa ambiental é a APDA – Associação Pedroleopoldense de Defesa do Meio Ambiente. Através de parcerias com empresas e comunidade local, a APDA disponibilizou um coletor de material eletroeletrônico no May Shopping, localizado na Rua Comendador Antônio Alves no centro de Pedro Leopoldo.

As fotos que ilustram nossa reportagem é um flagrante de crime ambiental feito pela equipe do MIX NOTÍCIAS próximo ao bairro da “Lua”.

 

Penhor da Caixa passa a receber joias em prata

Reportagem e foto: Pacheco de Souza

CAIXA PASSA A RECEBER JOIAS EM PRATAA Caixa Econômica Federal apresenta mais uma facilidade para quem estiver interessado em utilizar o Penhor da CAIXA. Agora, o banco aceita joias em prata como garantia para o empréstimo. Até hoje, a CAIXA recebia como garantia joias em ouro, pérolas, diamantes, relógios e canetas.

Segundo a superintendente nacional de Pessoa Física de Renda Básica da CAIXA, Kátia Maria Loureiro Torres, a CAIXA revê periodicamente as condições e parâmetros do Penhor, visando atender às expectativas e fortalecer o relacionamento com os clientes, em especial a nova classe média, reafirmando-se como banco do Penhor. “O produto é uma opção de crédito rápida e fácil, já que não exige análise cadastral, e o cliente recebe o recurso no momento da avaliação e contratação da operação. Com essa novidade, a CAIXA demonstra que está atenta às novas tendências na fabricação de joias e ao comportamento do público em geral”, comentou.

O Penhor da CAIXA possui duas modalidades: Parcela Única e Parcelada. Na Parcela Única, o cliente recebe o dinheiro e tem prazo de 01 a 180 dias para resgatar o bem, com pagamento em uma única vez. O prazo de resgate pode ser renovado a qualquer tempo. Podem ser tomados créditos a partir de R$ 50. A taxa é de 1,50% ao mês, uma das menores do mercado.

Já no penhor parcelado, o cliente pode efetuar o pagamento em parcelas fixas, com prazos que variam de 02 a 60 meses. A parcela tem valor mínimo de R$ 50 e a taxa de juros é de 1,70% a.m.

Para contratar o produto, basta o cliente levar o bem que será deixado em garantia e seus documentos pessoais a uma das 479 agências da CAIXA que trabalham com a modalidade. O Penhor está presente no portfólio de produtos desde o surgimento do banco, há 151 anos.

Boi da Manta 2013 promete muita alegria e diversão até o dia 8 de fevereiro

Reportagem e fotos: Pacheco de Souza

Boi da Manta 2013 -  (23) 345 X 237Os apaixonados pelo pré-carnaval de Pedro Leopoldo precisam garantir energia extra nesse início de fevereiro, pois a festa do “Boi da Manta” que teve início no último dia 26 de janeiro vai até o dia 8 de fevereiro com muita alegria e diversão na Rua Comendador Antônio Alves no centro da cidade.

Boi da Manta 2013 -  (41) 345 X 237Até aqui os dois primeiros dias da festa (26 e 30), aconteceu em clima de tranquilidade, os foliões que desfilaram na “passarela do samba” curtiram a festa com segurança. Aliás, essa é a proposta da Secretaria Municipal de Cultura, na pessoa da secretária Patrícia Rafael.

Boi da Manta 2013 -  (53) 345 X 237O “Boi da Manta” desse ano está seguindo rigorosamente as dicas da Polícia Militar e da Polícia Civil. A proposta de tocar apenas marchinhas de carnaval agradou principalmente os pais que até resolveram levar as crianças para a avenida.

PRÓXIMA AGENDA DO BOI DA MANTA

Boi da Manta 2013 - (5) 345 X 23702 de fevereiro (sábado) – das 19 às 24 horas

06 de fevereiro (quarta-feira) – das 19 às 24 horas

08 de fevereiro (sexta-feira) – das 19 às 24 horas

DICAS DE SEGURANÇA

É proibida a venda de bebidas alcoólica para menores de 18 anos, o comerciante flagrado vendendo ou fornecendo bebidas para menores serão presos e o comércio será fechado.

Boi da Manta 2013 - (7) 345 X 237Evite levar bolsas, celular, carteira com documentos e grandes quantidades de dinheiro para a festa. No caso do documento, leve apenas um com foto e, o dinheiro leve somente a quantidade que será usada no dia da festa.

Evite ir de carro para a festa, deixe o carro em casa e use o serviço de taxi ou o transporte coletivo. (HAVERÁ ÔNIBUS EXTRAS APÓS A FESTA SAINDO DA RODOVIÁRIA).

Boi da Manta 2013 - (14) 345 X 237Havendo a necessidade de ir de carro, estacione seu veículo em local seguro e iluminado.

Comerciantes da cidade não podem montar barracas nas portas do seu comércio ou transformar seu comércio de “ramo diferente”, em bar ou lanchonete nos dias da festa.

Boi da Manta 2013 - (20) 345 X 237Se for dirigir, não use bebida alcoólica, pois a Polícia Rodoviária Estadual estará na cidade com o “bafômetro” nas viaturas. Atenção com a documentação do seu veículo, a Polícia Militar promete fazer blitz em vários pontos da cidade.

Não será permitido vender espeto de carne nos dias da festa, a carne deve ser servida em pratinhos.

Boi da Manta 2013 - Eloísa Helena 345 X 237Fiscais sanitários e fiscais de postura estarão fiscalizando a higienização das barracas, alvará de funcionamento e equipamentos de segurança como os extintores de incêndio.

Comércio ambulante e barracas não credenciadas pela Prefeitura não podem vender produtos na festa.

Boi da Manta 2013 - 345 X 237Urinar nas vias públicas é considerado ato obsceno, crime previsto em lei, se a pessoa for flagrada pela Polícia será conduzida para a delegacia de Polícia Civil.

Carros com som automotivos está proibido na área do evento, o motorista pode ser multado e o veículo apreendido.

IMPORTANTE – SERVIÇO DE UTILIDADE PÚBLICA

Documentos perdidos ou pessoas que se perderem durante a festa, anúncios e outros serviços de utilidade pública, a pessoa interessada pode procurar o “QG”, ponto de apoio que estará montado na casa dos familiares de Cecé, em frente à Livraria Papirus.

AGUARDE GALERIA DE FOTOS

MDS lança portal com informações do Brasil Sem Miséria nos municípios

Reportagem: Pacheco de Souza

Lançado durante o Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas – Municípios Fortes, Brasil Sustentável, encerrado nessa quarta-feira (30), em Brasília, o portal Brasil Sem Miséria no seu Município é uma importante ferramenta para os gestores municipais. Por meio dele, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) apresenta informações específicas sobre o andamento das ações do plano de superação da extrema pobreza, de uma maneira simplificada e acessível, para que prefeitos, secretários e toda a sociedade conheçam a execução do Brasil Sem Miséria em seu município.

No portal, os gestores podem acessar relatórios personalizados de cada município. Lá também está disponível uma cartilha que traz as principais informações sobre as ações do plano. Segundo a diretora do MDS, Patricia Costa, a ferramenta começou a ser desenvolvida em meados de 2012. “Com o portal, damos subsídios para que os prefeitos possam compreender como está o enfrentamento à extrema pobreza em sua cidade. “

O secretário nacional de Avaliação e Gestão da Informação do MDS, Paulo Jannuzzi, diz que a ferramenta é formada por quatro grandes bases de dados, permanentemente atualizadas. E que relatórios complementares com informações ainda mais detalhadas serão disponibilizados nos próximos meses. “É um instrumento de gestão muito importante.”

A prefeita de Américo Brasiliense (SP), Cleide Berti, é uma das que já aprovaram a nova ferramenta. “Estamos tendo acesso a dados que teríamos que trabalhar muito conseguir. Assim, voltamos com a visão do que devemos trabalhar incessantemente.”

A mesma opinião é compartilhada pelo prefeito de Riachão das Neves (BA), Hamilton Lima, que considera importante colocar as ações do plano em prática. “Agora a responsabilidade é de cada gestor fazer com que isso venha a acontecer.”

Carreta carregada de cal tomba na MG 424 em Pedro Leopoldo

Reportagem e fotos: Pacheco de Souza

CARRETA DE CAL TOMBA NA MG 424Uma carreta carregada com aproximadamente 25 toneladas de cal virgem (cal em pedras), tombou na manhã de hoje na rodovia MG 424, altura do km 20 próximo ao terminal rodoviário de Pedro Leopoldo. O acidente foi por volta das 09h40 na pista sentido Matozinhos, mas só agora a pouco o veículo foi retirado do local e a rodovia foi liberada nos dois sentidos.

CARRETA DE CAL TOMBA NA 424 - 345 x 237De acordo com o condutor da carreta de placa GKR 6602 de Igarapé/MG, tracionada pelo cavalo mecânico placa KBA 0853, ele perdeu o controle da direção ao bater com o veículo no meio-fio. “Eu vinha dirigindo normal, quando o meu primo que estava comigo na cabine gritou meu nome e, eu tentei voltar com o veículo pra pista, mas ele tombou”, contou o motorista André Luiz da Silva de 39 anos.

CARRETA DE CAL TOMBA NA MG 424 345 x 237Ainda de acordo com o motorista, ele tem 22 anos de profissão e nunca esteve envolvido em acidente. A carga de acordo com ele, veio de São José da Lapa e seria levada para Salvador na Bahia, mas primeiro ele ia passar em Sete Lagoas.

O motorista não quis dar mais detalhes do acidente, mas tudo indica que ele tenha se distraído com alguma coisa ou dormiu ao volante, outra hipótese provável é que o veículo tenha apresentado algum problema mecânico.

A carga de cal ficou toda espalhada na pista sentido Matozinhos. O sargento Ivan e o cabo Salvani Rocha da 182 Companhia da PM chegaram primeiro ao local e sinalizaram a pista até a chegada da Polícia Rodoviária Estadual. Ninguém ficou ferido no acidente.

 

Prefeita Eloísa reúne com vereadores de Pedro Leopoldo nessa manhã

Reportagem: Pacheco de Souza

Prefeita Eloísa Helena reúne com vereadores (1)A prefeita de Pedro Leopoldo Eloísa Helena do PMDB voltou noite passada de Brasília, onde participou de evento organizado pelo Governo Federal e, hoje já tem vários compromissos na agenda. Um deles é uma reunião com os dez vereadores do município na manhã dessa quinta-feira, dia 31, para apresentar à Câmara Municipal da cidade um relatório com informações de como ela recebeu a Prefeitura Municipal no início de janeiro.

Prefeita Eloísa Helena reúne com vereadores (2) 345 X 237Segundo fontes do próprio governo, os relatórios estão sendo feitos pelos próprios secretários, cada chefe da pasta levanta os problemas encontrados e passa para a prefeita Eloísa, um dos relatórios tem mais de cem páginas com informações muito importantes.

A Prefeita Eloísa também aproveitou a ocasião para apresentar sua equipe de governo e, para colocar os secretários à disposição dos vereadores para quando precisar, irem à Câmara Municipal tirar eventuais dúvidas dos legisladores.

Prefeita Eloísa Helena reúne com vereadores - 345 X 237O Mix Notícias recebeu informações na última semana sobre parte do conteúdo desses relatórios, mas como ele não chegou à nossa redação, achamos prudente aguardar o comunicado oficial do governo municipal antes de publicá-lo.

 

PM troca comando do 36º Batalhão em Vespasiano

Tenente Coronel José Carlos Felício é o novo comandante do Batalhão que hoje, é responsável pelo planejamento da segurança pública em cerca de 10 municípios da Grande BH

Reportagem: Pacheco de Souza / Fotos: Polícia Militar

PM TROCA COMANDO EM VESPASIANOO 36º Batalhão realizou na manhã desta quarta-feira, dia 30, no Centro de Convenções Risoleta Neves, em Vespasiano/MG, a cerimônia da Passagem de Comando, o evento é realizado pela instituição a cada ano. O Tenente Coronel PM José Carlos Felício recebeu o Comando do Tenente Coronel PM Marcelo Martins de Resende.

TEN CEL FELÍCIO 345 X 237A solenidade iniciou com a apresentação da tropa. A Coronel Cláudia Araújo Romualdo, Comandante da 3ª Região da Polícia Militar presidiu o ato solene.

O Novo Comandante do 36º Batalhão ingressou no quadro de Praças da PMMG como soldado, no ano de 1987, dois anos após frequentou o curso de formação de Sargentos e, em 1990 iniciou-se o curso de formação de Oficias. Após sua formatura na APM, passou por várias Unidades Operacionais e Administrativas, culminando hoje na assunção do Comando desta Unidade (36º Batalhão).

O Ten Cel PM Felício tem uma capacidade intelectual estribadas, nos diversos cursos institucionais e nas demais instituições privadas, os quais frequentou com satisfatório aproveitamento.

Homem condecorado e premiado por diversas vezes, devido a sua competente ação, que principia na observância da hierarquia, disciplina, na busca da eficiência e eficácia, para a produção da sensação da Segurança, primando pelo bem servir à sociedade mineira, podemos citar as seguintes concessões: Prêmios de Destaques Profissionais, Medalhas de Mérito Militar, Prêmios Expressão da Polícia Militar; Medalha de Mérito Profissional, Medalha da Ordem do Mérito Legislativo de Minas Gerais Grau Mérito; Medalha da Inconfidência, concedida pelo Governo de Minas Gerais, Troféu Alferes Tiradentes; constam em sua trajetória militar de dezesseis elogios individuais por serviços operacionais e administrativos de relevância; seis notas meritórias pelas mesmas causas, além de três menções elogiosas escritas.

Estiveram presentes várias autoridades

O novo Comandante do 36º Batalhão, Tenente Coronel PM Felício ficou muito emocionado, agradeceu aos seus familiares, que sempre estão ao seu lado, em especial ao seu pai, o 3º Sgt PM Vicente Felício (Reformado).

A Solenidade foi encerrada ás 12h00min, com ares de satisfação e felicidade, com a manifestação de todos pelo sucesso desta nova gestão.

 

 

Termina em Brasília encontro com Prefeitos de centenas de municípios Brasileiro

Secretário para Superação da Extrema Pobreza do MDS mostra, durante oficina, como gestores podem implantar ações de inclusão produtiva

Reportagem: Pacheco de Souza / Foto de arquivo

Prefeita Eloísa Helena Carvalho PereiraA expectativa do governo federal é que os prefeitos e as prefeitas voltem aos seus municípios, depois de participar de encontro em Brasília, em condições de deslanchar uma série de ações ainda nos primeiros 90 dias de suas gestões, avalia o secretário extraordinário para Superação da Extrema Pobreza, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Tiago Falcão. Durante o evento, ele coordenou uma oficina sobre inclusão produtiva, um dos eixos do Brasil Sem Miséria, plano lançado pela presidente Dilma Rousseff, em 2011, com objetivo de superar a extrema pobreza.

Uma das ações que fazem parte da inclusão produtiva urbana é o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec Brasil Sem Miséria), informou Tiago Falcão. O Pronatec Brasil Sem Miséria, acrescentou, pode ser instituído por meio de convênios com os institutos técnicos federais, redes estaduais de educação profissional e Sistema S (Senai, Senac, Senat e Senar).  “São cursos que têm entre 160 e 190 horas de duração e oferecidos por instituições reconhecidas”, disse o secretário, durante a oficina, realizada nessa ter-feira (29). O programa já tem mais 266,7 mil inscritos.

O secretário também falou aos prefeitos e prefeitas sobre o Programa Nacional de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho – Acessuas Trabalho.  O programa tem como objetivo a integração dos usuários da assistência social ao mercado por meio de ações articuladas, como a intermediação de mão de obra entre potenciais trabalhadores e empregadores e o incentivo ao empreendedorismo individual ou coletivo de economia solidária (criação de cooperativas, por exemplo).

Diálogo permanente – Além de intermediar a disponibilização de vagas de emprego, Tiago Falcão destacou que é importante que os gestores estejam atentos às necessidades e carências de mão de obra dos municípios para direcionar a qualificação da população. Isso é importante para garantir que o mercado de trabalho consiga absorver esses profissionais. Por isso, o secretário sugeriu o diálogo permanente entre poder público municipal e o empresariado local.

Dúvidas – Os secretários municipais aproveitaram para compartilhar as dificuldades em implantar os programas nacionais em seus municípios. De acordo com eles, os entraves vão desde a falta de conhecimento das ações que podem ser implantadas até as questões específicas de cada cidade.

Para a nova secretária municipal de Assistência Social de Porto Velho (RO), Josélia Silva, a principal dificuldade, neste início de gestão, é estabelecer parcerias para implantar os programas. Mesmo assim, ela se mostrou confiante, depois de participar da oficina. “A proposta do governo federal de combate à extrema pobreza é séria”.

Também participaram da oficina o diretor de Inclusão Produtiva do MDS, Luiz Müller; a diretora de Proteção Social Básica do MDS, Léia Braga; a coordenadora-geral de Apoio à Execução de Projetos e Serviços, Lídia Barbosa; e o diretor da Rede Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (MEC), Marcelo Feres.

 

 

 

 

Bandidos explodem caixa eletrônico de banco em Capim Branco

Reportagem: Pacheco de Souza / Fotos: Vicente Cruz

Colaboração: Tábata Martins / O Tempo Online

BANDIDOS EXPLODEM CAIXA DE BANCO Um terminal de uma agência do Banco Bradesco, localizada na Rua Coronel Custódio Alvarenga, no centro de Capim Branco, na região Central de Minas Gerais, foi arrombado por bandidos na madrugada dessa quinta-feira, dia 31. O crime foi por volta das 2h50 da madrugada e os bandidos fugiram com duas gavetas de dinheiro, uma vez que conseguiram violar o cofre do caixa. O valor roubado não foi informado pela polícia.

Banco Bradesco de Capim Branco (1) 345 X 237De acordo com a Polícia Militar, pessoas que moram perto do banco informaram aos militares que ouviram um alto barulho e, em seguida, viram quando os criminosos fugiram em um Fiat Palio vermelho, no sentido da área rural de Sete Lagoas. As testemunhas ainda afirmaram que uma motocicleta ocupada por dois homens foi usada para dar cobertura aos ocupantes do carro de passeio usado na fuga. Porém, os suspeitos ainda não foram identificados ou presos.

Devido ao forte impacto da explosão, o equipamento bancário ficou completamente destruído. A estrutura da agência também ficou bastante danificada.